Fale Conosco

EducaTche

Reflexões sobre o futuro a partir da ótica das migrações com Bela Feldman-Bianco

Serviço Social

Reflexões sobre o futuro a partir da ótica das migrações com Bela Feldman-Bianco

Palestra “Cidades imigrantes, cidades cosmopolitas: reflexões sobre o futuro a partir da ótica das migrações” com Bela Feldman-Bianco realizada durante o Encontro Internacional “Pensar o futuro: as histórias que tecemos e as histórias que queremos”, em fevereiro de 2017 no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc.

O Encontro reuniu pensadores, pesquisadores e profissionais atuantes nos temas fundamentais que emergem do tempo contemporâneo e de um panorama de incertezas, composto por múltiplas possibilidades e temporalidades. Trata-se da reflexão sobre questões contundentes que surgem da realidade presente e se afastam de uma noção de futuro seguro e sem perspectivas claras sobre o porvir.

Com a intenção de criar um espaço de reflexão sobre questões fundamentais da contemporaneidade, esse Encontro compôs seu quadro de discussões a partir de eixos conceituais, propostos nas seguintes perguntas:

• Como vivermos juntos no século XXI?
• Para onde a aceleração da vida atual nos leva? O que vem depois da velocidade do tempo pós-moderno?
• Qual o futuro do homo economicus? Como produzir uma ética e moral para além do paradigma do desenvolvimento econômico?
• Depois das vanguardas artísticas ainda restam utopias?
• Quais são os caminhos para a construção de uma ordem cosmopolita?
• Como pensar as questões ambientais integradas a produção da vida na contemporaneidade, sendo que a maior parte da população mundial vive nas cidades?

Bela Feldman-Bianco
Phd em Antropologia (Columbia) com pós-doutorado em História (Yale), e professora da UNICAMP. Ocupou as cátedras de Estudos Portugueses (1987-1991) e Hélio e Amélia Pedrosa (2008) na UMass-Dartmouth (USA) e a Cátedra UNESCO/Memorial da América latina (2015). Suas pesquisas comparativas e publicações sobre migrantes transnacionais e cidades (do Brasil, Portugal e USA) relacionam cultura e poder, as identidades e suas intersecções de gênero, raça, classe, nação e globalização.

Clique Para Comentar

Deixe uma resposta

Facebook

To Top